Post Inaugural

Nasceu! E vale ouro. Orgulhosamente apresento meu filhinho virtual, o “A Maternidade me fascina”. Leia mais »

 

7 dicas do que fazer para que seu bebê nasça menino ou menina

 

menino-ou-menina

menino-ou-menina

  Para a maioria de nós, o sexo do bebê não é o que mais importa, mas sim que ele venha com saúde. Muitos casais, entretanto,  desejam escolher o sexo do bebê, ou porque já tem um filho e querem formar um casal, ou porque sempre sonharam com um menininho ou menininha. Não importa. Para quem deseja ter até 80% de chances de acertar a opção do sexo do seu bebê, deve seguir estas sete dicas.  E então, está preparada para descobrir os segredos de se ter um menino ou uma menina?menino ou menina

Para ter menino

  • DICA nº 1 – A relação sexual deve acontecer o mais próximo possível da ovulação (verificar período de ovulação com seu médico, caso você não saiba identificá-lo através das alterações que ocorrem naturalmente em seu corpo);
  • DICA nº 2 – Deve-se evitar as relações sexuais no início do ciclo menstrual;
  • DICA nº 3 – Fazer banhos de duchas vaginais antes das relações sexuais: a mistura para a ducha deve ser preparada misturando-se duas colheres de chá de bicarbonato de sódio para um litro de água;
  • DICA nº 4 – O orgasmo da mulher deve acontecer antes ou junto com o do parceiro;
  • DICA nº 5 – A penetração deve ser profunda no momento da ejaculação;
  • DICA nº 6 – A penetração deve acontecer com o parceiro por cima, a fim de que os espermatozoides possam ser depositados na secreção alcalina;
  • DICA nº 7 – A dieta da mulher deve ser hipocalórica na semana em que estes procedimentos forem realizados, para que o ph vaginal fique mais alcalino.

 menino ou menina

 

PARA TER MENINA

 

  • DICA nº 1 – A relação sexual deve acontecer até dois dias antes da ovulação (verificar período de ovulação com seu médico, caso você não saiba identificá-lo através das alterações que ocorrem naturalmente em seu corpo);

    expectant mother

    expectant mother

  • DICA nº 2 – deve-se manter as relações sexuais antes da ovulação, a fim de diminuir as taxas de espermatozoides;
  • DICA Nº 3 – Fazer banhos de duchas vaginais antes das relações sexuais: a mistura para a ducha deve ser preparada misturando-se duas colheres de chá de vinagre para um litro de água;
  • DICA Nº 4 – A mulher deve evitar orgasmos antes da ejaculação masculina para não aumentar a secreção alcalina;
  • DICA Nº 5 – A penetração deve ser rasa no momento da ejaculação;
  • DICA Nº 6 – A penetração deve ocorrer com o parceiro por trás, a fim de que o esperma seja depositado longe do colo uterino;
  • DICA N° 7 – A mulher deve manter uma dieta hipercalórica durante a semana em que estes procedimentos forem realizados, para diminuir o ph vaginal.

Espero que com essas dicas você possa finalmente conseguir ter a sua tão sonhada princesinha ou o príncipe que faltava em sua vida!

Assinatura-Moema-1

FacebookGoogle+PinterestEmailShare

Receita de iogurte natural

Olá!  Agora inventei que vou fazer meu próprio iogurte, pão 100% integral e minha granola. Três itens super  saudáveis e que têm andado bem caros, né? A receita do pão 100% integral você encontra aqui:  http://www.amaternidademefascina.com/moema/receita-de-pao-100-integral/receita do pão integral

Fazendo em casa, além de economizar, temos a certeza que são isentos de conservantes, corantes, aromatizantes, espessantes e todos os seus amigos “antes”, sendo uma opção mais natural e saudável.

As propriedades do iogurte

O iogurte é um alimento rico em minerais, nele podemos encontrar: cálcio, fósforo, potássio, magnésio e zinco. Também possui vitaminas A, B1, B2, B6, B12, niacina e ácido fólico. A ingestão de alimentos com cálcio, como o iogurte, é muito importante na infância e adolescência, pois previne a osteoporose e também outras doenças crônicas, hipertensão arterial e câncer no reto.

  Tem quem faça o iogurte com os lactobacilos comprados em um envelopinho, eu acho mais prático fazer com o próprio  iogurte ,  sem contar que com o envelope o iogurte fica muito ácido. Gente, é suuuper fácil e prático, rende 1 litro e você pode depois de pronto tomar com mel  ou adoçante e granola, com banana, maçã, morangos, pode misturar suco de laranja com cenoura e o que mais gostar, fica uma delícia. As crianças vão gostar com sucrilhos, morango amassadinho com açúcar e o que for do  gosto deles. Meu filho tomou um iogurte do mercado de uma marca famosa e vem escrito nele “café da manhã”. Vem com morango, maçã, banana e cereias. Ele achou muito bom e é mesmo uma verdadeira refeição. Fiz com esses ingredientes para ele  e ele amou.

iogurte natural caseiro

                Eis a receita:

  • 1 litro de leite de caixinha
  • Mais da metade do pote de iogurte natural comprado no mercado. Eu usei da marca Batavo e o iogurte não ficou nada azedo, quase não precisa adoçar! O importante é que você use o iogurte natural puro, livre de conservantes, estabilizantes e espessantes. Pode conter leite em pó e leite reconstituído, não tem problema. Pode também usar o potinho todo, porém ele ficará mais ácido.

Modo de fazer:

            Ferva o litro de leite, assim que começar a levantar fervura apague o fogo. Deixe esfriar um pouco e despeje para o recipiente final que você vai armazenar seu iogurte.  Deixe esfriando até amornar, fique atenta para não esquecer e esfriar de vez! Quando estiver morno, coloque seu dedo mindinho bem lavado no leite e conte até 10. Se você aguentar a temperatura sem precisar tira o dedo, está no ponto para misturar o iogurte. Para não empelotar no leite, retire um pouquinho do leite e misture com o iogurte de copinho e bata bem para dissolver. Recoloque no restante do leite e misture. Tampe sua vasilha, enrole um pano de prato e amarre, coloque dentro do seu forno.  Após 8 horas ele estará pronto.

                Faça à noite e quando acordar terá iogurte fresquinho para seu café da manhã! Ele pode ficar até 12h no forno, não tem problema. Se estiver muito frio no dia, coloque a vasilha dentro de uma bolsa térmica  ou isopor, antes de guardar no forno. A durabilidade é de aproximadamente 10 dias na geladeira.

Assinatura-Moema-1

 

FacebookGoogle+PinterestEmailShare

Como tirar mancha amarelada de vaso sanitário

Oi gente, apesar deste blog  ser direcionado aos assuntos “maternais”,  gostaria de ampliar um pouco os assuntos para tudo que diz respeito à vida no lar, como dicas de limpeza e organização e até umas receitinhas.  Sabem que às vezes falo  sobre Deus, pois esta é a minha vida: cristã católica, casada, mãe e dona de casa. Os assuntos que mais gosto de falar, então são os que eu vivo,  experimento e amo de verdade. Este é meu mundo! Como sei que muitas mães também são donas de casa,  acho que vão gostar dessa nova entrada aqui no blog, e para as que não são, considerem que conhecimento nunca é demais.

lixa

Lixa dágua

Quando eu dispensei minha empregada, quis logo colocar em dia algumas coisas que se não somos nós que fazemos, nunca fica do jeito esperado, só nós temos aquele capricho, ao cuidar do que é  nosso.  Três coisas que estavam me incomodando muito eram a mancha  amarelada nos vasos, os boxes de vidro embaçados e os rejuntes encardidos. Hoje eu vou falar como tirar mancha amarelada do vaso sanitário. Após diversos testes todos sem sucesso, eu consegui uma dica que funcionou.

É bom deixar claro que eu estou falando de uma marca d’água que fica na altura da água do vaso, como uma linha que circunda a água, e também costuma aparecer aonde escorre a água quando damos descarga. Eu tentei ácido clorídrico, produtos prontos no mercado que prometem tirar manchas, cloro puro, etc. nada funcionou.  O que eliminou totalmente foi lixar a marca amarelada com lixa d’água, aquela pretinha. Vamos ao passo a passo:

vaso sanitário

  • Dê descarga para a água ficar limpinha;
  • Retire um pouco da água do vaso com uma vasilinha pequena (se quiser use luvas de borracha) até a área da mancha ficar livre da água;
  • Rasgue um pedacinho da lixa e vá lixando a mancha, colocando uma certa força para que remova totalmente.
  • Repita este procedimento em toda área manchada e seu vaso parecerá

como novo!

Assinatura-Moema-1

FacebookGoogle+PinterestEmailShare

Ideologia do gênero na Revista Pais e Filhos

         ideologia-de-genero   Neste inicio de mês sairam na Revista Pais e Filhos duas matérias incentivando a ideologia do gênero. Para quem não sabe, A Ideologia do gênero  prega que a criança nasce sem um sexo definido. Quando ela nasce não deve ser considerada do sexo masculino ou sexo feminino, ela fará esta escolha quando crescer.  Existem  até escolas  na Suécia e na Holanda, onde não se pode chamar o aluno de menino ou menina, chamam-os apenas de crianças, porque eles devem decidir quando crescerem se serão homens ou mulheres, o que é antinatural.

             “Homem” e “mulher”, portanto, seriam apenas papéis sociais flexíveis, que cada um representaria como e quando quisesse, independentemente do que a biologia determine como tendências masculinas e femininas. Pera, para o mundo que eu quero descer!!!

            Uma dessas matérias fala da filha da Angelina Jolie e do Brad Pitt , Shiloh, hoje com 10 anos, que escolheu ser chamada de John, e desde os três anos usa roupas masculinas e corte de cabelo de menino. http://www.paisefilhos.com.br/noticias/filha-de-angelina-jolie-e-brad-pitt-decide-mudar-de-nome-aos-9-anos/ A outra é sobre “celebridades” que não dão a mínima para o padrão gênero, onde seus filhos do sexo masculino vão à rua vestidos de princesa e coisas desse tipo. http://www.paisefilhos.com.br/familia/padrao-de-genero-5-filhos-de-celebridades-que-nao-dao-a-minima-para-isso/

            É impressão minha ou a citada revista, muito influente para as mães, está querendo, assim, de um jeitinho doce, como na defesa de uma suposta liberdade e igualdade, na defesa dos direitos das crianças, carimbar nossas mentes com esta idéia insana? Imagine a cena, você, grávida, toda hora recebe a clássica pergunta: “É menino ou menina?” E a resposta teria que ser algo do tipo: “ Ah, não sei, a criança tem um pênis, mas quando ela crescer ela decide se vai ser menino ou menina!”

            A não gente, a primeira coisa que uma gestante imagina é o sexo do bebê! Todos os nossos sonhos maternos, antes do bebê nascer, giram em torno da expectativa do nosso mundo passar a ser rosa ou azul! E sonhamos com o quartinho, com as roupinhas, imaginamos nosso bebezinho todo homenzinho, ou nossa menininha igual a uma boneca, bem princesinha mesmo! Nenhuma mãe há de concordar com isso. Outra coisa é um homossexualismo descoberto pela adolescência, mas antes disso temos a obrigação sim de preservar a imagem dos nossos filhos e orientá-los a se comportarem conforme o seu sexo.

ideologia do genero

            De onde que a criança de 3 anos vai escolher suas roupas e seu corte de cabelo? A minha filha tem quase 6 anos e às vezes quer ir como quem vai a um casamento à padaria da esquina, e para ir a um aniversário escolhe uma roupa surrada, manchada que só serve para usar dentro de casa. E eu vou deixar? Bem, ela tem mãe, e estou aqui para orientá-la em tudo, até mesmo como ela deve se vestir.

            Este argumento que “a criança deve ser livre para vestir o que quiser” me soa como o mesmo que a criança deve comer o que quiser, deve dormir a hora que quiser, deve estudar se quiser, e ir ao médico se quiser. Porque resolveram que o assunto vestimenta, é de somenos importância? Experimente ir vestido de saia, se você é homem, ao seu trabalho! Experimente ir a um velório de biquíni, à reunião escolar com um vestido bem glamoroso estilo Oscar de Hollywood!

ideologia do gênero

            O que vestimos define sim um pouco de nós, mas isso é um outro assunto. Toda criança merece aprender sobre vestimentas adequadas e não é machismo separar o estilo da roupa de acordo com o sexo, pois se o “design” dos corpos é diferente, nada mais natural que realçar as qualidades de cada tipo (sexo).  Um vestido fica majestoso em uma mulher, um homem de terno e gravata também é lindo. Isso tudo é tão óbvio pra mim, que fico até constrangida de dar estes exemplos básicos.

E o mais deprimente de todos: “A criança deve ser o que quiser”! Acho que vou parar por aqui. Os meus filhos, que estão ainda na infância, não são o que querem, eles são o que eu e meu marido determinamos. Como pais zelosos, devemos sinalizar o caminho correto às nossas crianças que são inconsequentes por natureza. Com cérebros ainda em formação, caráter e valores morais ainda em desenvolvimento, seria até uma temeridade nossa, deixa-los ao sabor de suas imaginações extremamente férteis. O direito de escolha é conquistado com o tempo.

 

FacebookGoogle+PinterestEmailShare

Sobre mudanças, sofrimento e crescimento

                Sabe o que pra mim torna a vida mais excitante? É o fato de ela ser cíclica. Sim, vivemos por fases, por ciclos. Pelo menos funciona assim pra mim. Apesar de eu gostar muito de uma rotina e estabilidade, eu também gosto de, a cada ano (ou ciclo de vida), trazer algo novo pra mim. Não é assim, gente? Uma hora estamos mais voltadas aos filhos, outra hora focamos no trabalho, e depois focamos em nossa vida pessoal.  E isso é extremamente enriquecedor, pois de ciclo em ciclo, vamos nos conhecendo melhor, testando nossos limites, aprofundando nossas virtudes, e como consequência principal, aprendendo a selecionar o que merece valor e relevância  em nossas vidas e a descartar o  que é supérfluo, desnecessário.

mudancas

                 Nada em nossa vida é estanque, nem é assim que deve ser. Mudanças são enriquecedoras e necessárias, nos fazem sempre crescer, mesmo quando não mudamos para melhor, existe um crescimento envolvido naquela experiência de vida.

                Este ano, minha vida mudou de tal forma, que só passando para entender: pela primeira vez, em 10 anos de casada e com três filhos, me vi sem ajuda de profissionais do lar, tendo que eu mesma colocar a mão na massa e cuidar de tudo sozinha. A minha empregada doméstica, apesar de muito boa, tinha o triste defeito de furtar minhas joias. Fiquei um período completamente sozinha e hoje em dia tenho, por enquanto, ajuda de diarista uma vez na semana, o que já alivia bastante. Tal situação está longe de ser um sofrimento frente às agruras deste mundo. Trato apenas como um incômodo que é superado consideravelmente pela bela e enriquecedora experiência do lar e da maternidade intensamente vivida. Eu me encontro no lugar que eu escolhi estar. Ter tempo para cuidar da minha família e tempo para me relacionar com Deus é o meu melhor e único projeto de vida!!

sofrimento

                Muitos podem pensar que isso não é uma experiência enriquecedora, que é apenas escravidão, cansaço extremo, trabalho ingrato; que apenas viagens, especializações e promoções na carreira, conquista de bens materiais e coisas assim, podem, de fato “enriquecer” nossa vida. Mas eu digo que, absolutamente, não. Não! O que faz crescer, de verdade, é o fardo, a dor, a doença, os incômodos, as necessidades, o sofrimento, a CRUZ.

                O ouro passa pelo fogo, a borboleta foi um dia lagarta e a ostra que não foi ferida não produz pérolas.  Nós não somos diferentes… Como é satisfatório entender isso! O  modo como se encara os revezes da vida, pode ser, senão a cura, a prevenção de tanta ansiedade e depressão presente no mundo. E para isso, ter fé em Deus e crer em sua palavra de salvação, faz toda a diferença.  Deus nos molda através das provações da vida, para nos tornar uma coluna forte para as Suas grandes e eternas obras! Se a tribulação na sua vida for suportada na intimidade com o Senhor, na entrega aos cuidados Dele, você terá um saldo positivo.Desculpas-Comuns-Para-Nao-Mudar-de-Vida-2

                O segredo de bem se relacionar, de praticar o amor ao próximo que Jesus nos ensina, talvez seja, se colocar no lugar do outro e pensar, “E se fosse comigo?” Pode parecer clichê, mas pense nisso com carinho. Se você, porém, hoje está bem, mas já passou pela experiência dolorosa que o outro passa, não precisará se colocar no lugar dele, você, por sabedoria de vida, por ter passado por tal sofrimento, prontamente se solidarizará, e com caridade, tratará aquele irmão. E o que tudo isso tem a ver com mudanças? Tudo! Falo aqui, de mudança de comportamento, de atitudes, de jeito de viver e acima de tudo, de crescer na humildade. Porque quando nos humilhamos, crescemos espirita e moralmente; quando nos humilhamos, Deus nos exalta; quando nos humilhamos, nos tornamos cada vez mais próximos de Jesus e Suas santas virtudes. O Apóstolo Paulo, em sua carta aos Coríntios, revelou que sentia prazer nos sofrimentos! Ele louvava a Deus pelas lutas que enfrentava! A alegria tão grande que ele sentia de poder participar do sofrimento de Cristo, de levar a cruz diariamente e de saber que existia um pode invisível que estava operando na vida dele, superava qualquer dor que ele enfrentava.

Como ele eu quero ser. Qualquer lugar que eu estiver eu estarei feliz e louvando, porque minha vida eu entreguei a Deus, Ele é o Senhor  e Soberano para decidir como ela vai frutificar, e quando ela vai acabar.

 “Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando me sinto fraco então é que sou forte.” 2 Co 12:10

Assinatura-Moema-1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
FacebookGoogle+PinterestEmailShare